Redução de CO2

O aquecimento do planeta é uma realidade e, se nada for feito, ele trará consequências catastróficas para a biodiversidade e para o ser humano. Por isso é preciso diminuir as emissões de gases do efeito estufa o mais rápido possível. É melhor diminuir o carvão e o petróleo e investir em tecnologias limpas, que não prejudicam o planeta.

A NASA (Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço, EUA) anunciou no início de 2010 que a década que terminou em dezembro de 2009 foi a mais quente já registrada desde 1880, ano em que a moderna medição de temperaturas ao redor do planeta começou.

O CO2, também chamado de gás carbônico, é parte da atmosfera terrestre e forma uma capa ao redor da Terra, que ajuda a manter a temperatura do planeta adequada para a manutenção da vida – inclusive a humana. Esse processo se chama efeito estufa. O problema, portanto, não é o mecanismo natural em si, mas a interferência do homem. O volume extra de CO2 e de outros gases, como o metano, que foram para a atmosfera a partir da Revolução Industrial, engrossou a capa, de forma que a temperatura passou a subir perigosamente.

Um planeta mais quente desequilibra o ultrassensível sistema climático da Terra. Como consequência, o gelo dos polos derrete e eleva o nível médio dos oceanos, ameaçando populações costeiras; tempestades se tornam mais frequentes, intensas e perigosas, assim como ondas de frio ou calor extremos; biomas como a Amazônia são ameaçados pela alteração no sistema de chuvas.

Aquecimento global: o desafio da geração

As cidades também têm um papel importantíssimo nesse jogo. Elas precisam de sistemas de transporte inteligentes e eficientes, com transporte coletivo de qualidade com máximo controle das emissões e gases. Hoje, o setor de transportes representa um quarto do total de consumo de energia global. Por isso é importante também que os carros que ainda rodam nas ruas emitam o mínimo possível de CO2, contribuindo também para o microclima das cidades.

Toda a pressão do consumo crescente de combustíveis fósseis já chegou até ao ar condicionado do planeta, o Ártico. Com as mudanças climáticas, o aquecimento na região acontece duas vezes mais rápido que no resto do mundo. Nos últimos 30 anos, 75% do gelo ártico desapareceu.

Os governos precisam mover todos os seus esforços para manter as florestas em pé e preservar os oceanos, dois importantes geradores de CO2 que estão sob forte ameaça.

O mundo precisa, acima de tudo, que as pessoas queiram fazer a mudança, do cidadão comum aos executivos que dirigem empresas e aos políticos e governantes que dirigem as nações.

O momento da ação é agora. Os próximos bilhões de habitantes da Terra agradecerão.

E agora a boa noticia:
Com o otimizador automotivo PINOX no tanque, seu veículo gasta menos combustível, e na mesma medida que seu veículo economiza combustível, ele produzirá menos gás CO2.

Por exemplo: Um carro que queima 15% menos combustível, produzirá 15% menos CO2, pois a emissão de CO2 é diretamente proporcional à queima do combustível.

 

 

 

 

 

 

 

 pinox, be-fuelsaver, fuelsaver, economizar, combustivel, diesel, gasolina, economizador de, economia, carro, carros, motor, torque, potencia, aumentar, diminuir, como posso, consumo, consumo de, economizar combustível, dinheiro, poupar

 

Use o PINOX (BE-Fuelsaver) e Economize combustível - Economize dinheiro - Proteja o meio ambiente e ande com o motor mais potente!